quarta-feira, 28 de agosto de 2019

HORA DA VITROLA: BELCHIOR


Resultado de imagem para imagens para belchior

COMO O DIABO GOSTA
De Belchior

Não quero regra nem nada
Tudo tá como o diabo gosta, tá
Já tenho este peso, que me fere as costas
E não vou, eu mesmo, atar minha mão
Já tenho este peso, que me fere as costas
E não vou, eu mesmo, atar minha mão



O que transforma o velho no novo
Bendito fruto do povo será
E a única forma que pode ser norma
É nenhuma regra ter
É nunca fazer nada que o mestre mandar
Sempre desobedecer
Nunca reverenciar
É nunca fazer nada que o mestre mandar
Sempre desobedecer
Nunca reverenciar

domingo, 25 de agosto de 2019

HORA DA VITROLA: ANGELA RÔ RÔ (SÓ NOS RESTA VIVER)

Resultado de imagem para imagens angela rô rô


SÓ NOS RESTA VIVER
De Angela Rô Rô


  
Dói em mim saber que a solidão existe
E insiste no teu coração
Dói em mim sentir que a luz que guia
O meu dia, não te guia, não

Quem dera pudesse
A dor que entristece
Fazer compreender
Os fracos de alma
Sem paz e sem calma
Ajudasse a ver

Que a vida é bela
Só nos resta viver
A vida é bela
Só nos resta viver

Dói em mim saber que a solidão existe
E insiste no teu coração
Dói em mim sentir que a luz que guia
O meu dia, não te guia, não

Quem dera pudesse
A dor que entristece
Fazer compreender
Os fracos de alma
Sem paz e sem calma
Ajudasse a ver

Que a vida é bela
Só nos resta viver
A vida é bela
Só nos resta viver

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

HORA DA VITROLA: MARISA MONTE (VELHA INFÂNCIA)

Resultado de imagem para IMAGENS MARISA MONTE
MARISA MONTE (ARQUIVO GOOGLE)

VELHA INFÂNCIA
De Marisa Monte e Arnaldo Antunes
Com Marisa Monte e Tribalistas




Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito...

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor...

E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância...

Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só...

Você é assim
Um sonho pra mim
Quero te encher de beijos
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito...

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor...

E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
A gente brinca
Na nossa velha infância...

Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só...

Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim...
Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim...
Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim...

Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Penso em você
Desde o amanhecer
Até quando me deito
Eu gosto de você
Eu gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor



quinta-feira, 22 de agosto de 2019

HORA DA VITROLA: RITA LEE E MILTON NASCIMENTO (MANIA DE VOCÊ)

Resultado de imagem para IMAGENS RITA LEE EMILTON NASCIMENTO
FOTO: ARQUIVO GOOGLE


MANIA DE VOCÊ



De Rita Lee e Roberto de Carvalho

Com Rita Lee e Milton Nascimento



Meu bem, você me dá água na boca

Vestindo fantasias, tirando a roupa

Molhada de suor de tanto a gente se beijar

De tanto imaginar loucuras



A gente faz amor por telepatia

No chão, no mar, na lua, na melodia

Mania de você

De tanto a gente se beijar

De tanto imaginar loucuras



Nada melhor do que não fazer nada

Só pra deitar e rolar com você

Nada melhor do que não fazer nada

Só pra deitar e rolar com você



Meu bem, você me dá água na boca

Vestindo fantasia, tirando a roupa

Molhada de suor de tanto a gente se beijar

De tanto imaginar loucuras



A gente faz amor por telepatia

No chão, no mar, na lua, na melodia

Mania de você

De tanto a gente se beijar

De tanto imaginar loucuras



Nada melhor do que não fazer nada

Só pra deitar e rolar com você

Nada melhor do que não fazer nada

Só pra deitar e rolar com você

Com você, com você



Nada melhor, nada melhor

Do que não fazer nada

Nada melhor do que não fazer nada

Só pra deitar e rolar com você



Rolar, rolar, rolar, rolar com você

Rolar, rolar, rolar, rolar com você




quarta-feira, 21 de agosto de 2019

HORA DA VITROLA: FAGNER (DESLIZES)

Resultado de imagem para ilustração para ciúmes
ILUSTRAÇÃO: LÍVIA


DESLIZES

De Michael Sullivan/Paulo Massadas
Com Fagner




Não sei por que
Insisto tanto em te querer
Se você sempre faz de mim o que bem quer
Se ao teu lado sei tão pouco de você
É pelos outros que eu sei quem você é

Eu sei de tudo com quem andas
Aonde vais
Mas eu disfarço o meu ciúme
Mesmo assim
Pois aprendi que o meu silêncio vale mais
E desse jeito eu vou trazer você pra mim

E como prêmio eu recebo o teu abraço
Subornando o meu desejo tão antigo
E fecho os olhos para todos
Os teus passos
Me enganando, só assim somos amigos

Por quantas vezes me dá raiva te querer
Em concordar com tudo o que você me faz
Já fiz de tudo pra tentar te esquecer
Falta coragem para dizer que nunca mais

Nós somos cúmplices, nós dois
Somos culpados
No mesmo instante em que teu corpo
Toca o meu
Já não existe nem o certo nem errado
Só o amor que por encanto aconteceu

E é só assim que eu perdoo os teus deslizes
E é assim o nosso jeito de viver
Em outros braços tu resolves tuas crises
Em outras bocas não consigo te esquecer


sexta-feira, 26 de julho de 2019

HORA DA VITROLA: ALCIONE (AS ROSAS NÃO FALAM)



Resultado de imagem para imagens roseirais


AS ROSAS NÃO FALAM

De Cartola
Com ALCIONE





Bate outra vez

Com esperanças o meu coração

Pois já vai terminando o verão

Enfim



Volto ao jardim

Com a certeza que devo chorar

Pois bem sei que não queres voltar

Para mim



Queixo-me às rosas

Mas que bobagem

As rosas não falam

Simplesmente as rosas exalam

O perfume que roubam de ti, ai



Devias vir

Para ver os meus olhos tristonhos

E, quem sabe, sonhavas meus sonhos

Por fim